Ermida de São Roque (Tavira, Santa Maria)

Categoria: Ermidas

A construção da Ermida de São Roque deve remontar ao século XVI, porque São Roque é santo patrono do Regimento de Infantaria de Tavira e da Confraria de São Roque, cuja estrutura composta exclusivamente por militares, atingiu grande fervor nos finais do séc. XVIII.

A Ermida de São Roque foi reconstruída em meados do século XVIII, atribuindo-se a obra ao arquiteto Diogo Tavares de Ataíde (1711-1765), tendo este alterado a configuração da igreja, introduzindo-lhe formas barrocas. Sem prejuízo do culto a São Roque, em meados do século XVIII a ermida é também conhecida por Ermida de Nossa Senhora do Rosário.

Em finais do século XIX, os membros da Confraria foram aliados de D. Miguel, o que levou à sua extinção, quando este foi derrotado por D. Pedro. A partir desse momento, a ermida passa a ser de invocação de N.ª Sr.ª do Rosário, e, no séc. XIX, o templo fica votado ao abandono, sendo mais tarde dessacralizado e nacionalizado após a implantação da República, tendo os seus bens, incluindo a imagem de São Roque, sido transferidos para a Igreja Paroquial de Santiago. Em 1935, a ermida foi adquirida pela Câmara Municipal de Tavira, que a recuperou. Actualmente, o templo encontra-se devoluto, aguardando obras de recuperação. Não tem culto, nem irmandade ou comissão fabriqueira ativa, nem alguma festividade associada.

Contactos e Horário

Museu Municipal de Tavira

Direitos de Autor ou de Imagem

Daniel Santana | Câmara Municipal de Tavira

Bibliografia

Daniel Santana | Câmara Municipal de Tavira

www.igespar.pt

Localização

Largo do Cano, Rua do Alto Cano, 31, Tavira, Santa Maria, Portugal

Pontos de Interesse: Sugestões

A capela foi construída por volta de 1600, mas por volta de 1748, o imóvel encontrava-se arruinado, o que levou à transferência da imagem de S. Roque para a Igreja Matriz de Areias.

Rua Prof. Dr. Padre Francisco Carvalho Correia, 4780 Santo Tirso, Areias, Santo Tirso, Portugal

O Regimento de Faro, mais tarde denominado Regimento de Infantaria n.º 14 teve uma Confraria sob a invocação de São Roque, com Compromisso aprovado, embora actualmente se desconheça o seu...

Faro, Portugal

Em 1580, a população organizava pela freguesia, uma procissão com a imagem de S. Roque, decorrendo a vontade de edificar uma capela, cuja licença foi dada pelo Bispo do Porto, D. Jerónimo de...

Rua Conde S. Bento (na bifurcação com a Rua das Rãs), Santa Cristina do Couto, Santo Tirso, Portugal