Forte de S. Roque da Meia Praia (Lagos)

O forte foi construído por volta de 1670, por ordem do Conde de Pontével (D. Luís da Cunha e Ataíde), para defender a Praia de S. Roque (antiga denominação da Meia Praia) e a foz da Ribeira da Carrapateira (desaparecida completamente no inicio do século XX). O Forte fazia parte do conjunto de fortificações defensivas da costa, para proteger a cidade de Lagos dos ataques de piratas e corsários.

O sismo de 1755 danificou as estruturas, tendo sido foi reparado em 1796, para servir de elemento defensivo no período das Invasões Francesas. No século seguinte, a estrutura fica ao abandono e em 1873 foi cedida à Alfândega de Faro, sendo aí instalado um posto de fiscalização.

 

Praia de S. Roque

É um extenso areal que se estende desde o Farol de Lagos (molhe este) até ao Forte de S. Roque da Meia Praia. 

Veja no Google Maps.

Localização

Estrada da Meia Praia, junto à EN 125, Km 3, Rua Ribeira de Arão, Lagos

Pontos de Interesse: Sugestões

Capela construída provavelmente no século XVIII. Em 1998, a Comissão Fabriqueira promoveu as obras de restauro, que incluíram: alteamento das fachadas, remoção dos rebocos das paredes.

Lugar de Cima do Povo, em Quintela, Vila Real, Vila Marim, Portugal

A primitiva capela de São Roque foi construída em 1611, sendo a sua fachada principal orientada a poente, sendo instituída uma confraria de São Roque. 

Rua da Carreira, Carrazeda de Ansiães, Zedes, Portugal

O Regimento de Faro, mais tarde denominado Regimento de Infantaria n.º 14 teve uma Confraria sob a invocação de São Roque, com Compromisso aprovado, embora actualmente se desconheça o seu...

Faro, Portugal