Império do Espírito Santo de São Roque

O Império do Divino Espírito Santo de São Roque faz parte do conjunto de Impérios do Espirito Santo que constituem um marco identitário do quotidiano insular.

As Irmandades do Divino Espírito Santo tiveram uma expressão determinante no século XVI, ficando a seu cargo diversas manifestações de assistência, distribuindo pelas populações os bodos e as pensões aos pobres.

As Irmandades constituem uma unidade territorial, de associações de vizinhos e famílias residentes numa mesma freguesia ou localidade e cada Irmandade rege-se por Compromisso estabelecido por regras consensuais, não escritas, mas cumpridas pelo conjunto de Irmãos que voluntariamente se inscrevem e que são consensualmente aceites.

Direitos de Autor ou de Imagem

https://pt.wikipedia.org/wiki/Imp%C3%A9rio_do_Divino_Esp%C3%ADrito_Santo_de_S%C3%A3o_Roque

Luis Silveira, {Information |Description={{en|1=Império do Espírito Santo de São Roque, São Roque do Pico, ilha do Pico, Açores, Portugal}} {{pt|1=Império do Espírito Santo de São Roque, São Roque do Pico, ilha do Pico, Açores, Portugal}} |Source={{own} |Aut

Bibliografia

ROSSATTO, Noeli Dutra; LUPI, Carlos Eduardo Bastos, O simbolismo das Festas do Divino. Santa Maria: FACOS-UFSM, 2003.

Localização

Rua da Igreja, São Roque do Pico, São Roque, Portugal

Pontos de Interesse: Sugestões

A capela foi construída fora da localidade, num lugar de grande visibilidade sobre Bornes. Trata-se de um edifício de pequenas dimensões, com fachada principal encimada por uma sineta.

Macedo de Cavaleiros, Bornes, Portugal

A Confraria da Corte foi instituída muito provavelmente no século XVI, na Capela Real, a atestar pela Provisões Régias datadas a partir dos anos de 1533. 

Terreiro do Paço, Lisboa, Portugal

Capela edificada no século XVI, com nártex e campanário de feição maneirista. 

Rua João de Deus, 7830 Serpa , Salvador, Serpa, Portugal