Painel de Azulejos de São Roque

Painel de Azulejos sito no Palácio da Rocha do Conde d’Óbidos.

O Palácio da Rocha do Conde d`Óbidos foi mandado construir no segundo quartel do século XVII, por D. Vasco de Mascarenhas, alcaide-mor e 1.º Conde d`Óbidos. Em 1919, por escritura lavrada a 30 de Junho, entre D. Pedro de Mello d' Assis Mascarenhas, 11.º Conde d' Óbidos, e o General Joaquim José Machado, 8º Presidente da Cruz Vermelha Portuguesa, é adquirido pela Sociedade Portuguesa da Cruz Vermelha. À data da compra, a área nobre do palácio estava alugada ao Club Inglês. Posteriormente, com a autorização da Cruz Vermelha Portuguesa, nele funcionou a Secretaria da Academia Portuguesa de História. Foi, ainda, residência de Jorge Colaço (sendo da sua autoria o painel de azulejos que ornamentam o terraço) e serviu, durante a Segunda Guerra Mundial, de enfermaria aos prisioneiros das potências beligerantes.

Localização

Travessa do Olival a Santos, Lisboa, Portugal

Pontos de Interesse: Sugestões

A Igreja Matriz de São Roque remonta ao século XVIII, tendo sido reedificada em 1776 sobre a antiga Capela do Bom Jesus, construída em 1480, pelos fundadores do povoado de São Roque.

Rua da Igreja, 9940-340, São Roque do Pico, Ilha do Pico, Açores

A capela foi construída e dedicada a São Roque, tendo a imagem vindo do Monte Santo, nas faldas do Monte Junto. 

Rua Larga de S. Roque, Alenquer, Abrigada, Portugal

O templo foi construído no século XVIII, nas antigas terras do Penedo de Ouro, sendo consagrado a São Roque como marco da devoção dos fiéis. 

Quinta do Louredo, Bacelo, Évora, Louredo, Portugal