Capela de São Roque (Goios)

Categoria: Capelas

No medievo território da freguesia de São Miguel de Cepães, actual freguesia de São Miguel das Marinhas, localizam-se vários monumentos de cariz religioso, destacando-se a Capela de São Roque, que remonta aos finais do século XVI.

O actual edifício terá sido (re)construido no século XIX. A fachada tem uma vaga inspiração barroca, detectada no frontão de volutas que remata a porta de entrada, sobre a qual está o nicho com a imagem de São Roque, peregrino, com bordão e cabaça. O culto de São Roque está relacionado com as peregrinações, uma vez que ele mesmo foi de peregrinação a Roma em meados do séc. XIV e, no regresso, tomou ao seu cuidado os atacados pela peste negra. Pelo que este templo ganha importância no contexto dos caminhos de peregrinação do Norte de Portugal.

Direitos de Autor ou de Imagem

COSTA, José da | Câmara Municipal de Esposende

Bibliografia

SOARES, Franquelim Neiva et alii, Marinhas: Monografia Histórico-Religiosa, Marinhas, 1982

Localização

Rua do Marco, Esposende, Marinhas, Goios

Pontos de Interesse: Sugestões

A capela foi construída no século XVII, no extremo nascente da povoação, no fundo de um vale encaixado e junto a um ribeiro. 

EN 315 até Sambade e depois segue para Vila Nova, Alfândega da Fé, Sambade, Portugal

A capela foi construída por volta de 1600, mas por volta de 1748, o imóvel encontrava-se arruinado, o que levou à transferência da imagem de S. Roque para a Igreja Matriz de Areias.

Rua Prof. Dr. Padre Francisco Carvalho Correia, 4780 Santo Tirso, Areias, Santo Tirso, Portugal

A cerca de um quilómetro de Avelar, no lugar da Rapoula, foi construída a Capela de São Roque, cuja existência está referenciada nas Memórias Paroquiais de 1758. 

Rua da Rapoula, 3240 Ansião, Portugal