Capela de São Roque (Vila do Conde)

Categoria: Capelas

Nos séculos XV e XVI, Vila do Conde assume uma posição estratégica e económica, sendo potenciada a sua localização no estuário do Rio Ave e evidenciada uma nova actividade ligada à vida marítima alicerçada na construção naval, ao comércio e à pesca. É neste novo centro urbano, habitado de artífices da construção naval (carpinteiros de machado, calafates), oficiais de marinha, comerciantes, etc., que são construídos edifícios estruturantes da nova urbe, designadamente: Igreja Matriz, Alfândega Régia, Capela de Nossa Senhora do Socorro, Igreja de Misericórdia, e casas de habitação.

Desse conjunto, destaca-se a Capela de São Roque, mandada construir pelos devotos para pedir protecção das pestes, como ficou inscrita na lápide de pedra: “FEITA PELOS DEVOTOS D’ESTA VILLA PELA PESTE DE 1580”.

No templo foram instituídas duas Confrarias que partilham as responsabilidades cultuais, designadamente: a Confraria de São Roque e a Confraria de Nossa Senhora do Pilar, cuja devoção à ficou bem expressa no revestimento azulejar que decora o interior da nave, com cenas alusivas a devoção Mariana mas, também a viagem de peregrinação de São Roque que ficou representada nas “paredes de louça”, com o Santo trajando capa e romeira decorada com vieiras e bordão na mão ajoelhado perante a visão da Virgem com o Menino. Esta importante empreitada ficou assinalada nos azulejos do coro alto, com o seguinte texto: “ESTA OBRA MANDARAM FAZER OS DEVOTOS DA N.ª S.RA DO PILAR NO ANO DE 1746”. 

Festividades São Roque: Missa Solene e Terço, dia 16 de Agosto
Contactos e Horário
Confraria de São Roque
Rua do Lidador, 151
Vila do Conde
Direitos de Autor ou de Imagem Helena Gonçalves Pinto
Bibliografia

F. A.L.P., A Capela de S. Roque de Vila do Conde, 1998

Localização

Largo de São Roque, Vila do Conde, Portugal

Pontos de Interesse: Sugestões

Imóvel construído no século XVIII. Na segunda metade desse século, foi executado o retábulo-mor, por António Cardoso. 

Ao Km 128,9 da EN 226, para EM 1069 (1 km em Rio Bom), Lamego, Cambres, Portugal

Em 1901, a Igreja de São Roque foi reconstruída e, em 1910, foram realizadas novamente obras de ampliação. 

EN1 - 1A, 9700-301 Altares, Angra do Heroísmo

O templo tem planta longitudinal de nave única e capela-mor ampliada no comprimento pela reforma barroca que lhe acrescentou a sacristia do lado esquerdo e torre sineira quadrada adossada junto da...

EN 224, Várzea, Arouca - Vale de Cambra, Portugal