Igreja Matriz de São Roque do Pico

Categoria: Igrejas

Em 1542, São Roque do Pico foi elevada a vila por alvará régio, em consequência do desenvolvimento deste burgo piscatório.

A Igreja Matriz de São Roque remonta ao século XVIII, tendo sido reedificada em 1776 sobre a antiga Capela do Bom Jesus, construída em 1480, pelos fundadores do povoado de São Roque.

A actual Igreja tem uma planta em forma de falsa cruz latina, constituída por três naves separadas por cinco arcos. O desenho da fachada destaca-se pelas duas torres sineiras (com cobertura piramidal) que a ladeiam.

No interior, destaca-se a capela baptismal, com a sua pia de pedra, o púlpito de madeira policromada e dourada, os altares em talha dourada e policroma, altar-mor de talha dourada e a imagem do santo patrono – São Roque –, o tecto em madeira, pintado com motivos vegetalistas. A Igreja recebeu obras de restauro após o sismo de 1998.

No século XIX, ainda existiam as ruínas da Igreja da Misericórdia, perto do cemitério, na zona rural da vila de São Roque.

 

Festividades São Roque: 16 de Agosto
Direitos de Autor ou de Imagem Helena Gonçalves Pinto
Bibliografia Inventário do Património Cultural Edificado do Plano Geral de Urbanização da Vila de São Roque

Localização

Rua da Igreja, 9940-340, São Roque do Pico, Ilha do Pico, Açores

Pontos de Interesse: Sugestões

A Capela de São Roque foi edificada no itinerário dos caminhos de Santiago, a caminho de Agualonga, e passando a velha ponte, encontra-se o templo.

EN 201, Paredes de Coura, Rubiães

A cerca de um quilómetro de Avelar, no lugar da Rapoula, foi construída a Capela de São Roque, cuja existência está referenciada nas Memórias Paroquiais de 1758. 

Rua da Rapoula, 3240 Ansião, Portugal

A Capela tem uma nave única, com torre sineira lateral e a fachada antecedida por um alpendre. No interior do templo localiza-se a imagem de S. Roque, que é padroeiro da aldeia.

Rua do Caldeirão, Vilarinho S. Roque, Albergaria-a-Velha, Aveiro, Portugal