A 16 de Abril, o Padre Provincial António Mascarenhas autoriza os Irmãos de São Roque a enterrarem o Irmão António Fernandes, ladrilhador, com o n.º 81, a fl. 102, 349, (da 5.ª ordem) defronte da capela do Santo. Com o número 82 (a fl. 102), 350, está enterrado Duarte da Motta, pedreiro, que falecera a 15 de Janeiro de 621 (RIBEIRO, Victor, “Obituários da Igreja e Casa Professa de São Roque da Companhia de Jesus desde 1555 até 1704”, Lx.ª, Academia das Sciencias de Lisboa, 1916, p.70).