Adoração ao Santíssimo Sacramento

Na terceira sexta-feira de cada mês, a Irmandade promove na Igreja de São Roque um momento de adoração ao Santíssimo Sacramento.

Trata-se de um momento de oração, logo após a Santa Missa, com início pelas 13h, e tem a duração de cerca de meia hora, onde se faz uma curta meditação, terminando com a bênção solene do Santíssimo Sacramento.

Mês de Maio, Mês de Maria

A Irmandade da Misericórdia e de São Roque de Lisboa celebra o Mês de Maio, Mês de Maria, destacando-se a recitação diária do Terço na Igreja de São Roque e a Peregrinação ao Santuário de Fátima.

Durante o mês de Maio, diariamente (excepto à 2ª feira) é rezado na Igreja de São Roque o Terço a Nossa Senhora, pelas intenções dos utentes e colaboradores de um Serviço ou Equipamento da SCML, de acordo com um calendário oportunamente divulgado.

A oração do dia 13 de Maio assume um particular significado e acorrem à Igreja de São Roque os utentes dos diversos Equipamentos Sociais designadamente, dos Lares de idosos e Centros de Dia da SCML.

Todos os anos é dirigido um apelo aos Utentes, Voluntários, Trabalhadores, Técnicos ou Dirigentes, de qualquer Serviço ou Equipamento da Santa Casa não expressamente incluído no calendário, e que desejem participar nesta cadeia de oração, a contactar a Irmandade, para que ninguém fique esquecido. 

Ler mais...

Nossa Senhora da Boa Morte

A devoção a Nossa Senhora da Boa Morte tinha grande expressão, em tempos passados, na Igreja de São Roque. Era uma evocação muito querida da Companhia de Jesus. Nesta Igreja, na Capela de Nossa Senhora da Piedade, está depositada a sua imagem.

A piedade cristã não tem regateado, ao longo dos séculos, títulos e invocações à Virgem Maria. Senhora da Boa Morte é mais um que não é vulgar ver iconograficamente representado. Mas o título é mais do que adequado e feliz: Na Avé-Maria pede-se a Nossa Senhora que olhe por nós na hora da nossa morte.

A Irmandade tem tentado recuperar esta devoção mariana, simultaneamente procurando falar e fazer com que se fale naturalmente da morte, não como fim, mas sim como o início da Vida.

Oração a Nossa Senhora da Misericórdia

Ensina-nos a ensinar
e a dar bom conselho,
a corrigir com caridade os que erram,
a consolar os que sofrem,
a perdoar os que nos ofendem,
a sofrer com paciência as injúrias
e a rezar pelos vivos e pelos mortos.

Pedimos que nos dês a capacidade
e disponibilidade para visitar os presos,
assistir os doentes, vestir os nus, dar de comer e beber a todos os que necessitam,
enterrar os mortos, dar abrigo aos peregrinos e pobres.

Ámen.