Missa da Unidade | Mensal

Nas primeiras sextas-feiras de cada mês a Irmandade de São Roque realiza o seu encontro mensal dos Irmãos, a que se associam os trabalhadores e voluntários da Irmandade. O encontro inicia-se com a Celebração Eucarística, a Missa Mensal de Unidade, em que são lembrados os que fizeram anos no mês imediatamente anterior, para todos pedindo a intercessão de São Roque junto do Senhor para que nos dê saúde e força.

Terminada a Celebração segue-se o almoço de convívio e confraternização, no refeitório da SCML, em que são cantados os parabéns aos aniversariantes do mês anterior, apagadas as velas e saboreado o bolo de anos.

Missa de Acolhimento e Compromisso dos Novos Irmãos de São Roque

O Compromisso de Irmão de São Roque é prestado diante ao Altar, na Igreja de São Roque, na presença de outros Irmãos que os acolhem e da assembleia de fiéis que o testemunha, integrado em celebração eucarística, após aprovação pela Mesa Administrativa da Irmandade.

Em cerimónia simples, mas de grande significado, o novo Irmão, após o Compromisso, é revestido com a sua Capa da Irmandade e no final da Celebração, na Capela de São Roque, assina o Livro de Assento de Irmãos e recebe uma Carta de Compromisso autenticada pelo Irmão-Provedor.

Missa Comemorativa do Início da Construção da Ermida | 24 de Março

Para proteger a cidade de Lisboa e fazer cessar a epidemia da peste que vitimou um terço da população, D. Manuel I pediu a Veneza, onde ainda hoje se encontra o Túmulo de São Roque, que viessem para Portugal relíquias do Santo, já na altura considerado como protector contra as pestes.

Para acolherem essas relíquias, juntam-se um grupo de homens que construíram uma Ermida, onde hoje se situa a Igreja de São Roque.

A construção iniciou-se em 24 de Março de 1506, data que hoje se adopta como a da constituição da Irmandade de São Roque, que terá sido formada em data ainda incerta, mas seguramente anterior.

Missa da Sagração da Ermida de São Roque | 25 de Fevereiro

A Ermida, construída ao longo de nove anos pelos Irmãos de São Roque, foi concluída e sagrada a 25 de Fevereiro de 1515.

A pedra, gravada para assinalar esta sagração, propriedade da Irmandade, encontra-se actualmente em depósito e exposição na primeira sala do Museu de São Roque.

Até a alguns anos atrás, esta data era dada, inclusivamente em Estatutos da Irmandade, como sendo a da sua fundação, tendo sido corrigida, na base de rigorosos estudos históricos, para data incerta anterior a 1506.

Missa do Dia das Misericórdias | 31 de Maio

O Dia das Misericórdias acontece actualmente no dia em que liturgicamente se celebra a Visitação de Nossa Senhora a sua prima Isabel.

Apesar de grávida, Maria «pôs-se a caminho e dirigiu-se à pressa para a montanha, a uma cidade da Judeia. (...) Maria ficou com Isabel cerca de três meses» (até ao nascimento de João Baptista) - Lucas 1, 39-40,56. Um gesto de misericórdia, de serviço ao outro, que as Misericórdias assumem como vocação e finalidade.

A Irmandade convida nesse dia a participarem na Eucaristia, representantes de todas as Misericórdias da Diocese e do Secretariado Nacional da União das Misericórdias Portuguesas.

E porque o Dia corresponde ao da conclusão da Cadeia de Oração diária, promovida no Mês de Maio pelos Serviços e Equipamentos da SCML, rezamos muito em especial pelos dirigentes desta Misericórdia.

Missa de Aniversário da SCML | 2 de Julho

Esta data era, até há alguns anos atrás, o dia evocativo da Visitação de Nossa Senhora a sua prima Santa Isabel. Tendo-se passado a celebrar a Visitação em 31 de Maio, as Misericórdias alteraram em consequência o seu Dia de Celebração, excepto a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, que manteve a data anterior - 2 de Julho.

Nesse dia, no final da celebração, os responsáveis da Santa Casa consagram-na a Nossa Senhora da Misericórdia e comprometem a sua acção ao seu exemplo.

A Irmandade que, inclusivamente hoje integra, por fusão, a antiga Irmandade da Misericórdia de Lisboa, irmana-se, vive e participa nesta actividade com grande alegria.

Dia dos Fiéis Defuntos | 2 de Novembro

No dia de fiéis defuntos (dia de finados) a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa e a Irmandade da Misericórdia e de São Roque, em iniciativa conjunta, promovem a Celebração da Santa Missa na Igreja de São Roque pelas intenções próprias de cada uma das Instituições, pelos Irmãos e Beneméritos da Irmandade e pelos trabalhadores e benfeitores da SCML, já falecidos.

Missa pela Erradicação da Pobreza e pelos Sem-Abrigo | 17 de Outubro

A Irmandade da Misericórdia e de São Roque de Lisboa promove todos os anos na Basílica dos Mártires, no dia 17 de Outubro, “Dia internacional da Erradicação da Pobreza e dos Sem-Abrigo”, uma Celebração Eucarística de sufrágio pelos irmãos em Cristo que, na cidade de Lisboa, faleceram no último ano e por alguma razão, chegam ao fim da sua vida totalmente isolados, sem família, sem amigos, vizinhos ou conhecidos.